Übi | Iogurte grego salgado: a gente precisa disso?
2077
post-template-default,single,single-post,postid-2077,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-13.5,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.5,vc_responsive

Iogurte grego salgado: a gente precisa disso?

Iogurte grego salgado: a gente precisa disso?

* Por Fernanda Amarante

Iogurte grego é uma delícia, sem dúvida nenhuma. Até os feitos de modo artificial, com emulsificantes e engrossadores, mas que o resultado final é um produto mais grosso que o iogurte que conhecíamos antigamente. Os produzidos com leite de melhor qualidade, com mais gordura, esses então são divinos. Acrescidos de frutas, com baunilha, servidos com granola. E puros, sem açúcar, são realmente um laticínio muito gostoso. A sensação do mês é a chegada de um novo produto no mercado brasileiro, o iogurte grego salgado, da marca Vigor, com os sabores salsa e cebolinha e azeitona, que vem numa embalagem simpática com croutons de parmesão. E a pergunta que paira no ar é: qual a necessidade disso?

A modinha do iogurte salgado já vinha aparecendo aqui e ali nos Estados Unidos, mas, na maioria das vezes, a base é o produto puro, não adoçado ou mais azedo, coberto com variedades de toppings: zahtar, castanhas temperadas, etc. Uma marca, chamada Blue Hi  foi além e lançou os sabores tomate, beterraba, abóbora e cenoura (entre alguns outros). E agora já temos essas duas opções aqui,  não tarda teremos outras.

A ideia de se comer o laticínio com sal é boa e nem é novidade. Nos Balcãs, região da Turquia, Grécia, etc, onde ele se originou, existe uma bebida (o Ayran) super popular, feita com água, iogurte e sal; e o onipresente tzatziki, molho à base de iogurte, pepinos, azeite e limão. Os indianos também usam muito o iogurte para marinar carnes e o enchem de temperos. O iogurte é fresco e de sabor neutro, então pode ser usado como base para muitos preparos. Por sua textura cremosa, é ótimo como substituto  de cremes em várias receitas, transformando pratos mais calóricos em mais magros.

Claro que é interessante um modismo que incentiva o consumo de um elemento saudável (a maioria das vezes), natural,  magro, proteico e que ajuda o bom funcionamento dos intestinos. Mas cabe ao consumidor ter um olhar minimamente crítico e avaliar a necessidade de consumi-lo. Por que não ficar com o iogurte grego simples e fazer dele a nossa própria versão salgada? Basta acrescentar sal, limão, azeite e/ou qualquer outro ingrediente do seu gosto, transformando esse produto versátil no iogurte salgado do seu desejo.

Iogurte Salgado

Fontes

http://www.bluehillyogurt.com/
http://www.sohhayogurt.net/

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.